Notícias

  • Home
  • /
  • Notícias
  • /
  • Daniel de Castro se mantém na ponta e põe a mão no título

Daniel de Castro se mantém na ponta e põe a mão no título

Nov 19, 2018

No último sábado (10) foi realizada a 5ª etapa da 6ª Copa Corrida dos Amigos, no RBC Racing. E Daniel de Castro somou pontos importantes na busca pelo título da competição. Uma vitória na primeira corrida e um resultado mediano na segunda lhe rendem agora 298 pontos na classificação, quase 20 à frente do segundo colocado (sem considerar os descartes).


"Além da alta possibilidade de chuvas na região do kartódromo, fui sorteado com o kart 107 que, nas mãos do Rildo Wendel não figurou entre os 10 primeiros no grupo principal. Entrei no kart pensando se arriscaria trocar de kart ou não pois nunca me dei bem nessas trocas. Resolvi então arriscar a troca e pela primeira vez me dei bem. Peguei um kart muito forte e, na última volta da classificação, “a la” Ayrton Senna (risos), consegui superar o tempo do Alan Silva [adversário direto na luta pelo título] e marcar o melhor tempo. Largando da pole e com a certeza de um kart muito rápido nas mãos, larguei forte e, logo nas primeiras voltas já havia aberto uma vantagem razoável para o 2º colocado. Dai foi só administrar até a bandeirada final.", contou o piloto em entrevista exclusiva.


"Na segunda bateria, larguei de 16º e apesar de algumas dificuldades, em poucas voltas já estava entre os 10 primeiros, quando fomos pegos de surpresa pela chuva. Foi um festival de rodadas... Alan e Naty [Natália Xavier] rodaram na minha frente e, para não bater neles acabei rodando também. Voltei à frente do Alan mas meu kart não era tão bom quanto o da primeira bateria e ficou ainda mais complicado de manter um ritmo razoável na chuva. De olho no título preferi manter uma tocada mais conservadora e fechei em 11º. Com os resultados combinados fechei a etapa em 2º lugar e um pouco mais perto do título! Que venha a 6ª e última etapa!!", finalizou Daniel.


Outro destaque do dia foi Adalberto Diniz, o terceiro colocado geral na etapa.


"Meu kart quebrou na primeira curva da tomada de tempo. Achei que não daria tempo, mas dei 2 voltas e consegui largar em terceiro. Na corrida, passei boa parte brigando com Victor pela terceira posição, o que nos fez perder contato com Alan e Daniel. No fim, terminei em terceiro. Na segunda bateria deu um tumulto logo na segunda curva. Não consegui desviar e acabei batendo. Comecei a remar, estava conquistando algumas posições, aí começou a chuva. Ganhei algumas posições dos que rodaram, mas acabei forçando demais e indo pra grama duas vezes também. No fim terminei em sexto na bateria.", resumiu Adalberto.


O piloto Vincenzo Sirianni também apresentou ótimo desempenho, mas desta vez o pódio acabou escapando.


"Larguei em sexto, na primeira volta já estava em quarto disputando com Victor Silva. Um pouco depois me jogaram pra fora na reta, passei na linha de chegada pela grama e o sensor não computou a volta. Na segunda corrida larguei em último, nas primeiras voltas já estava em oitavo mas me rodaram, perdi muitas posições. Quando chegou a chuva eu era um dos mais rápidos, comecei a recuperar, cheguei em terceiro a poucos décimos do segundo. Foi uma corrida bem disputada, eu era um dos mais rápidos, se não fosse aquela volta não computada, acho que daria pra subir no pódio dessa vez.", comentou Vincenzo.


Natália Xavier completou o pódio da etapa, na quinta colocação. A piloto está focada na luta pelo top5 da competição.


"Nesta etapa não estava esperando pódio, fui mal na primeira corrida porque peguei um kart ruim na tomada de tempo e aí troquei. Mas peguei outro ruim de curva, tive dificuldade nas curvas de alta. Acabei ficando pra trás junto com um piloto que quase me rodou, e ficou me trancando a corrida inteira. O pessoal ficou pedindo para trocar de posição, mas ele manteve, e até tomou uma punição depois. Parece que ele não queria perder pra mim... Mas acabou perdendo... Na segunda corrida larguei em quinto, estava indo bem mas tive um incidente de corrida com o [Fernando] Segatto, infelizmente. Mas não foi nada de mais, e não foi de propósito. Depois começou a chover, muita gente foi rodando e fui subindo, terminei em quarto, mas dava pra chegar até em segundo. Depois da corrida me falaram que corri com 10kg a mais, pelas minhas contas não era isso, eu estava com 62kg e coloquei 40kg. Não me senti afetada por causa do peso durante as corridas, se eu tiver mesmo andado mais pesada. No final fiquei feliz, e estou em sexto no campeonato. Quero lutar pelo quinto lugar e farei isso, mesmo estando 12 pontos atrás. Se não der tudo bem, tem o próximo semestre.", relatou Natália.


A grande final do campeonato será em dezembro, no Kartódromo de Betim, com confraternização e tudo mais. Antes disso, serão abertas as inscrições para a temporada 2019, dia 20 de novembro no site da Akamig.


A classificação atualizada já está publicada aqui no site.


Redação: Lucas Prates

Comentários